PIS 2015



O PIS e o PASEP – respectivamente Programa de Integração Social e Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público –  são programas do governo de arrecadação tributária em que o governo arrecada das empresas um valor mensal para o pagamento de benefícios sociais e trabalhistas como o seguro desemprego e o abono salarial. Para o trabalhador saber se tem direito ao abono salarial do PIS 2015, basta que ele consulte a tabela do PIS 2015, que estipula as datas de saque dos trabalhadores durante o ano. O funcionário também pode fazer a consulta PIS online pela internet para saber se tem direito ao benefício e qual o valor que possui em haver.

pis 2015 carteira de trabalho

PIS 2015 – Benefícios sociais e trabalhistas aos trabalhadores brasileiros

Todo trabalhador que é empregado em alguma empresa que cumpra as determinações do Ministério do Trabalho e contribua regularmente com o PIS tem direito aos benefícios do Seguro Desemprego e do Abono Salarial. O Abono é também conhecido como 14º salário, e no regime do PIS 2015, o valor do saque é de R$724,00, a ser sacado até o dia 30 de Junho de 2015.

Quem pode receber PIS 2015

Para ter direito ao abono salaria do PIS 2015, o trabalhador brasileiro precisa estar cadastrado no PIS há 5 anos ou mais; Seu salário mensal não pode ultrapassar a média de 2 salários mínimos por mês durante o ano base, e precisa ter trabalhado por pelo menos 30 dias consecutivos no ano-base considerado. Essas regras entretanto mudarão para o próximo ano. Confira abaixo como será o pagamento do Abono do PIS 2016.

Já para o seguro desemprego, o trabalhador já na nova regra, precisa ter trabalhado durante 18 meses em empresa regular que contribua corretamente com o PIS para solicitar o Seguro Desemprego pela primeira vez, 12 meses para solicitar pela segunda vez e 6 meses para solicitar o seguro pela terceira vez. Esse regime já faz parte das novas regras do Seguro Desemprego estipuladas pelo governo Federal ao PIS 2015

Novas Regras para o PIS 2015

O Governo Federal alterou as regras para o abono salarial a ser sacado em 2015/2016. A partir de agora, o trabalhador receberá um valor proporcional ao tempo de serviço durante o ano base, não valendo mais a regra atual, em que o trabalhador recebia o valor integral tendo trabalhado por qualquer período maior que 30 dias durante o ano. Confira também tudo sobre o PIS 2017.

Para o novo regime do abono salarial, o funcionário precisa ter trabalhado no mínimo 6 meses no ano-base, e não apenas 30 dias consecutivos, conforme a regra anterior. Além disso, segundo a regra da proporcionalidade, o valor do abono será proporcional ao tempo trabalhado, ou seja: um trabalhador que tenha estado empregado durante os 12 meses do ano base recebe o valor do abono salarial integral (um salário mínimo), já um trabalhador que tenha trabalhado durante 8 meses tem direito a 8/12 do valor de um salário mínimo, e um trabalhador que tenha sido empregado durante 6 meses terá direito a metade do benefício.

Essas medidas do governo buscam reduzir gasto com pessoas que trabalham curtos períodos apenas para receber valores de benefícios do PIS/PASEP.

Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (11 votes, average: 4,55 out of 5)
Loading...

Deixe seu comentário!

Uma resposta para “PIS 2015”

  1. Sandra zampieri disse:

    Eu queria saber se eu vou receber o PIS de 2015. Como foi mudado as regras eu acabei perdendo um ano. Eu vou receber ou não. Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *